Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Na Cozinha da Raiozinho

Na Cozinha da Raiozinho

Vitela assada com tomilho

Não é carne que costume cozinhar muito, mas para variar um pouco, decidi trazer uns nacos de vitela para assar no forno. Resultou num agradável assado.

 IMG_20170302_191525.jpg

Ingredientes:

  •  8 nacos de vitela
  • 3 dentes de alho
  • tomilho fresco q.b.
  • 200 ml de vinho branco
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • 3 colheres de sopa de pimentão doce
  • pimenta branca q.b.

 

Preparação:

Colocar os nacos de carne num tabuleiro de ir ao forno. Temperar com sal e pimenta.

Picar bem os dentes de alho. Numa taça à parte colocar os dentes de alho, juntar azeite (cerca de 3 colheres de sopa), e o pimentão doce. Misturar bem e espalhar sobre a carne. 

Espalhar pelo tabuleiro umas hastes e tomilho fresco, regar com o vinho branco.

Levar ao forno, previamente aquecido a 200º, durante cerca de 20 minutos. Reduzir a temperatura do forno para os 180º e deixar assar mais uma hora, ou até ver que a carne está tenra.

IMG_20170302_205537.jpg

 

 

Costeletas estufadas

IMG_20170207_205237.jpg

Ingredientes:

  • 8 costeletas do cachaço
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 1 malagueta
  • salsa
  • 4 colheres de sopa de molho inglês
  • sal
  • 1 fio de azeite
  • 200 ml de vinho branco
  • 1 copo (pequeno) de água

 

Preparação:

Cobrir o fundo de um tacho largo com a cebola cortada em meias luas, os dentes de alho laminados, a malagueta picada, uns raminhos de salsa e um fio de azeite. Por cima colocar as costeletas, temperar com sal, regar com o molho inglês, o vinho e o copo de água. Tapar o tacho e levar a cozinhar em lume brando, tendo o cuidado de ir agitando o tacho para evitar que a carne cole ao fundo, cerca de 40 minutos, ou até a carne estar tenra. 

Acompanha bem um arroz branco, uma massa ou um puré, sem esquecer salada ou legumes. 

 

Pernas de frango assadas com laranja e alecrim

O inverno é sinónimo de dar uso ao forno. Os domingos frios ou chuvosos convidam mesmo a um assado vagaroso para um almoço relaxado. Não se olha para o relógio, não se corre para cumprir horários. Lá fora chove, mas na cozinha espalha-se o cheiro de um promissor assado e aquece-nos a alma.

 IMG_20170129_141117.jpg

 Ingredientes:

  • 8 pernas de frango com costas
  • sal q.b.
  • pimenta preta q.b.
  • tomilho q.b.
  • 2 colheres de sopa de manteiga (usei margarina líquida)
  • 4 dentes de alho picados
  • sumo de 3 laranjas médias
  • alecrim q.b.

 

Preparação:

Colocar as pernas de frango num tabuleiro de ir ao forno. Temperar com sal, pimenta preta e tomilho.

Numa caçarola derreter a manteiga. Juntar os dentes de alho picados e deixar fritar um pouco. Temperar com o alecrim e regar com o sumo das laranjas. Deixar ferver em lume baixo.

Adicionar o molho de laranja ao frango. Levar ao forno, previamente aquecido a 200º, coberto com folha de alumínio, cerca de 30 minutos. Terminado o tempo, retirar a folha de alumínio, colocar novamente no forno até dourar.

Acompanhei com um arroz de passas (que combinou maravilhosamente bem com o aroma e molho de laranja) e salada. 

 

IMG_20170129_141256.jpg

 

Chispe assado no forno (mais um assado de domingo)

IMG_20170108_133840.jpg

IMG_20170108_134120.jpg

Ingredientes:

  • 6 medalhões de chispe
  • 2 cenouras
  • 1 cebola
  • 200 ml de vinho branco
  • 1 copo de água
  • Alho em pó q.b.
  • Oregãos q.b.
  • Pimentão doce q.b.
  • Sal q.b.
  • Margarina (para untar o tabuleiro)

 

Preparação:

Untar um tabuleiro de ir ao forno com margarina (usei Vaqueiro líquida). Dispor a carne no tabuleiro.

Temperar com a cebola picada, as cenouras cortadas em cubinhos, o alho em pó, os oregãos e o pimentão doce. Regar com o vinho branco e juntar um copo de água (mais ou menos a mesma quantidade que o vinho).

Levar a assar em forno previamente aquecido a 200º cerca de 1h (ou um pouco mais). 

Acompanhei com arroz basmati e uma salada de alface. 

 

 

Peito de frango com paio de porco preto

IMG_20161219_201700.jpg

 Ingredientes:

  • 1 kg de peito de frango cortado em cubos
  • 200 gr de paio de porco preto
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 malagueta piripíri
  • 2 colheres de sopa de molho inglês
  • 1 lata de cerveja
  • couves de bruxelas (um resto que andava no congelador e achei que ia ficar bem com a carne)

 

Preparação:

Cortar o paio em pedaços. Levar um tacho ao lume e saltear o paio, que começa a libertar a sua própria gordura. Juntar a cebola, os dentes de alho e a malagueta, tudo picado. Deixar alourar. Acrescentar a carne de frango, envolver e deixar ganhar cor. Temperar com sal, o molho inglês e refrescar com a cerveja.

Tapar o tacho e deixar estufar em lume brando cerca de 20 minutos. Juntar um bom punhado de couves de bruxelas à carne e deixar cozinhar entre 8 a 10 minutos (o tempo do esparguete cozer).

IMG_20161219_201824.jpg

 

Perna de peru recheada no forno

Recentemente comecei a ir ao talho do bairro. Fica-me tão perto de casa, de segunda a sábado está aberto até às 20h, que isto de andar a congelar carne comprada no supermercado nem se justifica. 

Conclusões a que já cheguei: o preço não é assim tão díspar em relação ao supermercado, o atendimento é espetacular, podemos pedir ideias e conselhos, podemos pedir a carne já cortada de determinada maneira, na semana passada fui comprar carne picada para bolonhesa, pedi mistura e ainda me sugeriram juntar um chouriço, sugestão aceite e ficou maravilhoso. A carne é bem saborosa, e verdade seja dita, quantas vezes não deixava carne a descongelar, acabando por passar no supermercado para comprar qualquer coisa. Aderi ao talho do bairro e estou arrependida de não o ter feito mais cedo.

Porque falo no talho do bairro? Ora porque tinha lá visto uma perna de peru recheada com bacon e linguiça e fiquei com ideias. Este fim de semana foi o dia. Passei lá no sábado, trouxe uma perna de peru com 2,600kg, já recheada e preparada por eles. Foi chegar a casa, temperar, deixar marinar, no dia seguinte levar ao forno e deliciar-me. Ficou divinal. O custo? 10€ e uns cêntimos. 

 

IMG_20161120_132110.jpg

IMG_20161120_132159.jpg

 

 Ingredientes:

  • 1 perna de peru recheada com bacon e linguiça (comprei já recheada no talho)
  • 1 colher de sopa de massa de alho
  • 1 colher de sopa de massa de pimentão
  • raspa de um limão + limão
  • 1 malagueta 
  • sal
  • 1 fio de azeite
  • alecrim a gosto
  • 200 ml de vinho branco

 

Preparação:

Numa taça misturar a massa de alho, a massa de pimentão, a raspa de limão, a malagueta picada, sal, um fio de azeite e alecrim. Envolver bem, até ter um preparado homogéneo.

Colocar a perna de peru num tabuleiro e barrar com o preparado anterior, o mais uniformemente possível, de ambos os lados. Cortar o limão em quatro e dispôr uma parte em cada canto do tabuleiro.

Tapar o tabuleiro com película aderente e levar ao frigorífico de um dia para o outro.

Ligar o forno a 200º, regar a perna de peru com vinho branco. Levar ao forno, já quente, durante 1h com a pele virada para baixo. Terminada essa hora, virar cuidadosamente a perna e levar ao forno entre 30 a 45 minutos. Virar novamente a perna, deixar assar cerca de 30 minutos (mas depende de como já estiver a carne, se bastante tenra e a desprender do osso ou não), por fim virar a perna com a pele para cima entre 10 a 15 minutos, para tostar. 

É um assado que pode demorar cerca de 2h30, mas o resultado final compensa. 

Acompanhei com arroz de alho e brócolos cozidos.

IMG_20161120_133018.jpg

 

 

Cachaço de porco no forno com castanhas

 

IMG_20161106_141842.jpg

IMG_20161106_141833.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Ingredientes:

  • cachaço de porco inteiro para assar
  • 1 kg de castanhas
  • sal
  • flocos de piripíri
  • pimentão doce
  • alecrim
  • alho em pó
  • 1 cabeça inteira de dentes de alho
  • 1/2 limão
  • azeite

 

Preparação

Dar uns golpes com a faca no cachaço de porco. Numa tábua de cozinha espalhar sal, alho em pó, pimentão doce, flocos de piripíri, alecrim. Regar o cachaço com um fio de azeite e massajar a carne. Passá-la por cima dos temperos, como se a estivesse a panar. 

Cortar a cabeça de alhos ao meio e colocar uma frigideira larga, juntar um fio de azeite e aquecer. Selar a carne de ambos os lados, de forma a ficar dourada por cima.

Tranferir a carne para um tabuleiro de ir ao forno, regar com os sucos que ficaram na frigideira, e juntar a cabeça de dentes de alho, bem como a metade de limão cortada em quatro. 

Levar ao forno, previamente aquecido a 200º, a assar cerca de uma hora. Ao fim desse tempo, juntar as castanhas congeladas e levar ao forno mais uns 15 minutos. Retirar a carne para uma travessa, para que possa repousar antes de fatiar, e levar as castanhas novamente ao forno mais 15 minutos.

Servir com uma salada verde ou legumes salteados.

IMG_20161106_142012.jpg

 

Frango assado com limão e pimentão doce

IMG_20161113_132653.jpg

Aproveitei uma promoção no supermercado e comprei pernas de frango com costas. Imaginei logo que seriam o almoço de domingo, um daqueles assados que agora sabem tão bem e se fazem no vagar do fim da manhã. 

Cheguei a casa e fui ao meu bloco de notas virtual, onde guardo as receitas que vou espreitando nos muitos blogs que sigo, para escolher uma receita para as pernas de frango. E a eleita foi esta. Tão simples, despretensiosa, tão promissora de bons sabores. Não esperei muito. Tratei logo de temperar as pernas de frango e deixá-las no frigorífico de um dia para o outro. No domingo foi só levar ao forno e aguardar.

 

IMG_20161113_133100.jpg

Ingredientes:

  • 5 ou 6 pernas de frango com costas
  • 1 colher de sopa de pimentão doce
  • sumo de um limão
  • 1 colher de sopa de massa de alho
  • pimenta branca
  • sal
  • 1 fio de azeite
 
Preparação:
 
Misturar, numa taça, todos os ingredientes: massa de alho, pimentão doce, pimenta, sal, um fio de azeite, sumo de limão. Envolver bem até ter uma mistura homogénea. 
Limpar as pernas de gorduras. Untar as pernas com o preparado anterior e deixar repousar umas horas. 
Levar a forno previamente aquecido a 200º durante 1 hora. 
Servi com arroz vaporizado e salada.
 
 

Salteado de couve e alheira

IMG_20161024_202320.jpg

 Adoro alheira. E qualquer receita que me dê ideias para uma utilização diferente da alheira que não grelhada, deixa-me logo curiosa para experimentar. Foi o caso com esta receita de couve salteada com alheira e mostarda. Normalmente tenho alheiras no congelador, para me salvarem num daqueles dias em que não há nada planeado para jantar. Adaptei esta receita por ter as alheiras congeladas. Ainda assim, o resultado foi delicioso.

 

Ingredientes:

  • 2 alheiras
  • 1 kg de couve cortada para caldo verde
  • 2 dentes de alho
  • azeite
  • 2 colheres de sopa de mostarda
  • sal e pimenta q.b.

 

Preparação:

Como tinha as alheiras congeladas, comecei por fervê-las em água. Retirei, deixei arrefecer para lhe tirar a pele e desfazê-las em pedaços.

Dar uma fervura na couve, aproveitando a mesma água de ferver as alheiras, temperando com um pouco de sal.

No wok aquecer um pouco de azeite e fritar os dentes de alho picados. Juntar a alheira e envolver. Juntar as couves escorridas, temperar com pimenta, e envolver delicadamente tudo. Adicionar a mostarda e envolver, novamente, todos os ingredientes. 

Servi com gomos de maçã. 

Porco com maçã

IMG_20161002_142221.jpg

 

Inspiração

 Ingredientes: 

  • 1 lombo de porco pequeno
  • 4 maçãs
  • 1 colher de sopa de mostarda
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de chá de alecrim
  • azeite
  • sal e pimenta
 

Preparação:

Cortar a carne em tiras não muito grossas e depois em cubos. Cortar as maçãs em gomos. Aquecer o azeite, juntar a carne, mexendo sempre até ficar dourada de todos os lados. Temperar com sal e pimenta, juntar a maçã e reduzir o lume para o mínimo. Deixar cozinhar por uns 5 minutos mexendo de vez em quando. Juntar o mel e a mostarda e mexer com uma colher de pau até obter um molho uniforme. Refresque o molho com umas colheres de sopa de  água, caso necessário, e deixar apurar alguns minutos.  

IMG_20161002_142401.jpg

 Acompanhei com puré de abóbora: cozer a abóbora em água temperada de sal. Quando a abóbora estiver cozida, escorrer e reduzir a puré com a ajuda de um esmagador de batatas. Se a abóbora for tenra, basta deixá-la cozer bem, e escorrer o excesso de água. Ela própria se desfaz em puré quando está bem cozida.

IMG_20161002_141847.jpg