Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Na Cozinha da Raiozinho

Na Cozinha da Raiozinho

Desaparecida da cozinha

Parece, não parece? Eu sei.


Seria de esperar que com uma ajudante de peso na cozinha eu andasse numa de me aventurar por receitas nunca antes exploradas. Seria. Não fosse esta história das intolerâncias me atirar para um plano alimentar tão restrito que as refeições vão variando entre peixe grelhado, cozido, na loucura, um peixe no forno. Desta feita, poucas, ou nenhumas novidades dignas de registo há a fazer no blog. 


Até a minha forma de ler outros blogs de culinária mudou um pouco. Passo por variadíssimas receitas e já só penso no que posso comer, ou não. A maioria não e nem vontade de guardar para mais tarde tenho. 


Estou a meio do percurso. Falta pouco mais de duas semanas para repetir o teste e poder perceber como o meu corpo reagiu a esta desintoxicação. Estou a prever resultados que se vão repetir. Só me vão confirmar a intolerância que há e haverá. Desejo que haja resultados que não se repitam. Se de futuro poderei comer ocasionalmente ou evitar de vez, só experimentando para ver a reação.


Nem tudo é negativo. Isto custa, claro que custa. Mudar hábitos, deixar o que se julgava como um dado adquirido, como um hábito saudável, custa, mexe com os nervos, deixa um pouco sem chão. Mas tenho conseguido gerir tudo, adquiri nova rotina alimentar, novos alimentos, dei importância a outros que me passavam ao lado. E os resultados estão à vista: há muito tempo que não me sentia tão bem. E o nosso bem-estar e saúde é algo que não tem preço e que vale o sacrifício.


Sacrificado tem andado este blog. Ainda recentemente tive um elogio na página de facebook, e os elogios sabem bem e dão alento para continuar esta partilha de receitas, de ideias, de sabores. Nunca pretendi um blog de referência gastronómica. Sou tão (gritantemente) amadora. Vê-se nas fotos de qualidade relativa, na loiça banalíssima, no empratamento caseiro. Mas é isso que este blog é: o espaço onde duas amigas, donas de casa, trabalhadoras a tempo inteiro, e que gostam de comer e de cozinhar, vêm partilhar, conforme os dias vão permitindo, as suas culinarices. E ainda assim, com toda esta simplicidade e humildade, receber um elogio é muito gratificante. Obrigada!


Quanto às leitoras assíduas, o meu (nosso) pedido de desculpa pela ausência. Vir aqui publicar como se faz um peixe grelhado, sem qualquer detalhe digno que registo que faça a diferença, com uma salada de rúcula é algo que não me atrai. Nem postar uma foto do meu prato com peixe cozido, ovo e couve. Pouco interessante.


A seu tempo, espero retomar este cantinho de forma mais assídua.