Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Na Cozinha da Raiozinho

Na Cozinha da Raiozinho

Bochechas de porco na púcara (receita alentejana)

Sou fã incondicional da gastronomia alentejana. Não é à toa que sempre que lá vou uns dias de férias regresso mais redondinha. 

Há uns tempos tinha pedido à minha amiga alentejana de gema a receita das bochechas de porco. Ela gentilmente deu-me, dizendo que era a tradicional que aprendeu com a mãe e avó. A modernice era estufar as ditas na panela de pressão, mas que isso não lhe tirava o sabor tão caraterístico. 

Ora, em jeito de estágio pré férias por terras alentejanas, decidi fazer a receita da minha amiga. Mas usei a púcara de barro, em busca de um sabor mais tradicional. Ficaram muito boas.

IMG_20170715_133720.jpg

Ingredientes:

  • Bochechas de porco (penso que tinha seis)
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 folha de louro
  • sal q.b.
  • salsa picada (na verdade são coentros, mas aqui em casa há quem não seja fã de coentros)
  • 1 fio de azeite
  • 3 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 copo de vinho tinto (eu usei branco porque não costumo cozinhar com vinho tinto, e por isso nunca tenho em casa)
  • meio copo de água

 

Preparação:

Nada mais simples: tudo para dentro da púcara (ou panela de pressão, ou tacho, o que tiverem, como preferirem) e deixar marinar de um dia para o outro.

Levar a estufar (em panela de pressão parece que são entre 20 a 30 minutos) em lume médio. Se, e é mesmo opcional, for da vossa preferência, ainda podem levar as bochechas ao forno para apurar, mas sinceramente não vejo necessidade (nem a minha amiga o recomendou, indicando que a carne ficaria um pouco mais seca). 

IMG_20170715_133841.jpg

 E servi este belo pecado com um arroz com courgette ralada à mistura (assim para parecer mais saudável). 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.